English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Coleção de circuitos eletrônicos

Olá! nesse post estou disponibilizando para download  uma coletânea com 150 projetos eletrônicos, dentre eles alarmes, amplificadores, temporizadores e muito mais!
O circuito mostrado na imagem abaixo faz parte da coletânea!
Veja a figura abaixo:


OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

O arquivo esta em formato .rar, depois de descompactar é só abrir o arquivo pdf!
Clique no botão abaixo para fazer o download:



Seja um seguidor do blog, compartilhe conhecimento!

Cadastre seu e-mail gratuitamente e receba as atualizações do blog!

Abraços!

Att: Vando

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Como testar e identificar os terminais de um Led

Olá! nesse post vou mostrar como identificamos catodo e Ânodo de um led, visualmente e com o multímetro digital.
Os leds possuem um chanfro em um de seus lados, o chanfro representa o catodo ( negativo do led ). Também podemos notar que um dos terminais do led é mais curto, esse também representa o catodo!
Mas quem atua na área de eletrônica sabe que as vezes os leds não vem com essas marcações, no caso componentes piratas ou de fabricantes sem expressão!
Então irei mostrar na próxima imagem algumas características dos leds que nos ajudam a identificar seus terminais.
Veja a figura abaixo:


OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Como podemos ver na imagem, são apresentadas as características que citei, como a diferença de tamanho nos terminais do led, o chanfro em um de seus lados. e outra que consiste em observar os terminais por dentro do invólucro do led, o terminal dentro do invólucro com maior tamanho representa o catodo!
Essa última observação só é possível ser feita em leds de alto brilho ou de invólucro transparente.
Caso o led adquirido não possua o chanfro, seus terminais sejam de mesmo tamanho, e o led seja de invólucro escuro, então sua identificação só poderá ser feita com o auxilio de um multímetro!
No caso irei mostrar como testar o led em um multímetro digital!
Já que o led é um diodo emissor de luz, seu teste é igual ao feito com diodos comuns, a diferença é que se o led estiver em bom estado, ele irá acender.
Primeiramente seleciones a escala de diodo no multímetro, depois coloque as pontas de prova nos terminais do led, se o led não acender, inverta as pontas de prova, o led tem que acender, se o led não acender em nenhum dos casos, esta com defeito!
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Seja um seguidor do blog, compartilhe conhecimento!

Cadastre seu e-mail gratuitamente e receba as atualizações do blog!

Abraços!

Att: Vando

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Programa para calcular resistores

Olá! nesse post vou apresentar e disponibilizar um programa para a identificação das cores de um resistor e sua respectiva resistência, ele é totalmente em português, possui uma interface simples!
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Como podemos ver na imagem, com o programa é possível simular resistores de até 6 faixas,conhecidos também como resistores de precisão.
Colocando as cores, automaticamente é apresentado abaixo o valor de sua resistência e tolerância!
O programa não precisa ser instalado no computador, é só descompactar e abri-lo!
Clique no botão abaixo para fazer o download:




Seja um seguidor do blog, compartilhe conhecimento!

Cadastre seu e-mail gratuitamente e receba as atualizações do blog!

Abraços!

Att: Vando

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Amplificador Estéreo 10+10W com TDA2004

Olá! nesse post vou mostrar um pequeno amplificador, Utilizando o circuito integrado TDA2004 obtemos Duas saídas de 10 Watts, o circuito é bem simples, caso queira fazer alguma modificação no circuito, ou uma versão mono consulte o datasheet do TDA2004!
O circuito é alimentado por fonte entre 12 e 15 volts com corrente de 1.5 Amperes.
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Seja um seguidor do blog, compartilhe conhecimento!

Cadastre seu e-mail gratuitamente e receba as atualizações do blog!

Abraços!

Att: Vando

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Como identificar e testar um resistor

Olá! nesse post irei mostrar como testar um resistor, para executar o teste primeiramente precisamos saber como identificar o valor do componente.
Como sabemos os resistores usam um código de cores padronizado, os resistores mais utilizados possuem quatro listras para indicar o valor de sua resistência. Aqui no blog tem um post com a tabela completa de cores e valores dos resistores!
Como mostrado na figura podemos ver que, a primeira listra é de cor Marrom = 1, a segunda é preta = 0, a terceira  é laranja = 3 e a quarta que como podemos ver, é mais afastada das outras que indica a tolerância que no caso é de cor Ouro = 5%.
As duas primeiras fileiras correspondem aos dois primeiros dígitos, a terceira representa o multiplicador (ou número de zeros).
Então no nosso resistor da imagem esta sendo indicado o número 103, como o terceiro número indica o multiplicador ou número de zeros, temos um resistor de 10 000 Ohms com 5% de tolerância!
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Agora vamos aos testes, primeiramente verifique o valor do resistor a ser testado, em seguida posicione a escala do multímetro onde se mede resistência, depois coloque as pontas de prova do multímetro nos terminais do resistor (não importa a polaridade), como mostra a próxima imagem, e verifique o valor mostrado no display!
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Como podemos notar, o valor indicado no display da imagem acima, foi bem próximo ao indicados nas listras do resistor.
Listras indicam 10 000 Ohms
Multímetro indica 9 812 Ohms.

Essa pequena diferença é normal, devido aos 5% de tolerância indicado no resistor.
A tolerância é uma pequena margem de "erro" que um resistor pode apresentar em seu valor na pratica comparado com o de suas cores. É muito difícil produzir componentes com alta precisão, e essa precisão também varia de acordo com outras coisas, como temperatura ambiente entre outras circunstâncias.
No caso do resistor utilizado como exemplo, ele possui uma tolerância de 5%, isso significa que no máximo ele pode variar 5% a mais ou a menos do que seu valor impresso.
Se o resistor utilizado possui indicação que sua resistência é de 10 000 Ohms, e possui uma tolerância de 5%, isso significa que ele pode  ter uma resistência no máximo 500 ohms para mais ou para menos que seu valor indicado que é 10 000 Ohms. O valor de 500 Ohm significa 5% de 10 000.
Então em condições de trabalho normais sua resistência máxima pode chegar a 10 500 Ohms e a minima 9 500 Ohms, acima ou abaixo disso o resistor já esta fora de suas condições normais, ou seja, alterado!
As vezes quando o resistor da algum defeito, ele pode apenas estar alterado, ou seja, com um valor fora de sua tolerância, como mostrado na próxima figura. Caso isso ocorra o circuito em que o resistor esta empregado pode receber uma corrente muito alta, caso o resistor esteja com resistência abaixo da tolerância, ou uma corrente muita baixa se o resistor estiver com sua resistência muito alta!
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Na próxima imagem mostro os tipos mais comuns de defeitos em resistores, que são: quando o resistor entra em curto, ficando sem resistência como um "fio", liberando corrente demais para o resto do circuito, ou quando o resistor se abre e fica com uma resistência muito alta ou infinita, assim não conduzindo a corrente elétrica necessária ao circuito!
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Seja um seguidor do blog, compartilhe conhecimento!

Cadastre seu e-mail gratuitamente e receba as atualizações do blog!

Abraços!

Att: Vando

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Como testar um diodo com multímetro digital

Olá! nesse post vou ensinar a testar um diodo com um multímetro digital, o teste é bastante simples e eficaz!
Utilizei como exemplo um diodo 1N4004, mas o teste serve para outros modelos também.
Bom primeiramente, antes de começar o teste precisamos saber identificar os terminais de um diodo, os diodos possuem dois terminais o Catodo que é o terminal negativo representado pela letra K. e o Ânodo que é o terminal positivo representado pela letra A.
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Como podemos observar na imagem o Catodo do diodo é o ponto principal para a identificação de seus terminais, pois possui uma listra, também conhecida como chanfro ao seu lado.
Agora que já sabemos qual o terminal correspondente ao catodo e ao anodo vamos ao teste!
Posicione seu multímetro na escala de diodo, aquela que possui o simbolo do diodo,
Encoste as pontas de prova do multímetro nos terminais do diodo em teste, não importa a polaridade,
apenas coloque uma ponta de cada lado do diodo, verifique o valor indicado no display do multímetro,agora  inverta as pontas do multímetro e verifique o valor indicado no display.
Como irei mostrar na próxima figura, se o diodo estiver em bom estado, em uma medição deverá ter sido apresentado uma certa resistência no display, e na outra medição ser apresentado o digito 1, o qual significa uma resistência muito alta ou infinita!
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Caso nos dois testes o valor apresentado no display seja 0, como o mostrado na próxima figura, o diodo está em curto circuito, ou seja, irá conduzir livremente independentemente de sua polarização
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

E se nos dois testes o valor apresentado no display for 1 (resistência alta ou infinita), como mostrado na figura a seguir, significa que o diodo esta aberto, ou seja, não irá conduzir independentemente de sua polarização!
Veja a figura abaixo:



OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Seja um seguidor do blog, compartilhe conhecimento!

Cadastre seu e-mail gratuitamente e receba as atualizações do blog!

Abraços!

Att: Vando

Pinagem de algumas portas Lógicas Básicas e Flip-Flop

Olá! nesse posta Mostrarei a pinagem de alguns circuitos integrados, alguns possuem portas lógicas e outros flip-flops. Os Circuitos integrados são:

7400                 7486
7402                 7474
7404                 7475
7408                 74112
7414                 74153
7432                 74151 e 74251

Veja a Figura abaixo:


OBS: Clique na imagem para obter melhor visualização!

Abraços!

Att: Vando